XVI Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso - 9 de Março de 2009

Foi apresentado na manhã do dia 9 de Março no Salão Nobre da Câmara Municipal de Santo Tirso, o cartaz do 16º Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso (FIGTS), a decorrer durante o próximo mês de Maio.

Esta iniciativa pioneira no nosso país e reconhecida internacionalmente, é para a Câmara Municipal de Santo Tirso e nas palavras da Vereadora da Cultura a Dra. Júlia Godinho "um orgulho, uma aposta com 16 anos de louvar e de continuar".

José Alexandre Reis, director da Escola Profissional Artística do vale do Ave (ARTAVE), e director artístico do FIGST, salientou na sessão de apresentação, que este evento continua a "privilegiar a qualidade musical". Apesar das dificuldades financeiras, a organização propõem um evento diversificado no âmbito da guitarra e com uma grande variedade de artistas.

Este ano a direcção artística do certame apostou na guitarra a solo e homenageia o compositor cubano Leo Brouwer pelo seu 70º aniversário.

 

Exceptuando o duo português Pourquoi Pas e os brasileiros Sérgio & Odair Assad, o cartaz é composto pelos solistas Tommy Emmanuel (Austrália), Aniello Desiderio (Itália), Bob Zabek (Áustria), Álvaro Pierri (Uruguai) e Adam Fulara (Polónia).

 

O concerto de abertura, a 09 de Maio, no Auditório Padre António Vieira, apresenta pela primeira vez em Portugal o australiano Tommy Emmanuel, considerado por muitos um dos melhores guitarristas do mundo.

Segue-se, a 15 e 16 de Maio (sexta e sábado), um fim-de-semana de música clássica, com o Duo Pourquoi Pas (Portugal), no Auditório da Biblioteca Municipal (sexta-feira) e, no dia seguinte o italiano Aniello Desiderio, no Auditório da Biblioteca Municipal.

Aniello Desiderio, professor na Academia Internacional de Música de Koblenz (Alemanha) vai ministrar um curso de guitarra clássica no Museu Municipal Abade Pedrosa, dia 15 de Maio.

A 22 de Maio (sexta-feira), estará no Auditório Eurico de Melo o austríaco Bob Zabek, um representante das novas tendências da guitarra, especialista em "8-finger tapping".

No dia seguinte toca no Centro Cultural de Vila das Aves, o uruguaio Álvaro Pierri um multipremiado mestre da guitarra clássica.

No último fim-de-semana do festival voltam as novas expressões da guitarra, com o polaco Adam Fulara, que apresenta a sua técnica muito pessoal de "two-hand tapping", usando uma guitarra eléctrica com duplo braço, sexta-feira (dia 29) no Auditório Padre António Vieira.

Este artista dá também, sexta-feira à tarde, um workshop de guitarra eléctrica no Museu Municipal Abade Pedrosa.

O concerto de encerramento, no dia 30 de Maio, está a cargo do duo Sérgio & Odair Assad (Brasil) virtuosos da rica tradição guitarrística brasileira, um dos mais emblemáticos duos de guitarra, no Auditório Eng.º Eurico de Melo.

Para além do curso e do workshop, o programa do festival inclui uma incursão pelas escolas permitindo aos alunos, crianças e adolescentes, um contacto com o mundo da música e da guitarra.

 O Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso teve início em 1994 e desde então tem trazido criadores e executantes de todo o mundo, com experiências diferentes e com diversos modos de interpretar e de usar este instrumento, e este ano não é excepção.

 

Para mais informações:

 

http://www.festivaldeguitarra.org/